Seu cronograma deve ter um dia a menos que o do cliente

Existem alguns truques que usamos para nós mesmos que funcionam como se nem soubéssemos que estamos fazendo parte de uma armadilha.

O mais conhecido deles é quando temos alguma coisa que não podemos deixar de levar de jeito nenhum quando saímos de casa. O que fazemos? Colocamos essa coisa embaixo da chave do carro.

Blogueiros americanos têm chamado isso de life hack.

Um desses truques que tem funcionado muito bem para mim na Wenetus é fazer o meu cronograma com um dia a menos do que o do cliente.

Digamos que eu esteja desenvolvendo um site. Se o cronograma entregue para o cliente marca que no dia 10 eu tenho que fazer a apresentação do layout, no meu sistema interno de controle de tarefas a data limite é o dia 9.

Dessa maneira, mesmo perdendo um dia de trabalho, é possível entregar as partes prometidas sempre dentro do prazo acordado com o cliente.

E se algo der errado – e muitas vezes dá – você ainda tem um dia para corrigir.

Só não vale acrescentar um dia a mais para o cliente. O correto é diminuir um dia seu.

Conteúdos relacionados

Perguntas & Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Também tenho feito meus cronogramas dessa forma, mesmo porque procuro terminar até um dia antes, pois trabalho em agência durante dia.

    É bom seguir essa dica, pois assim você tem uma margem de segurança para fazer possíveis ajustes urgentes.

  2. Muito legal Walmar, realmente poderia ter evitado algumas noites em claro, e alguns estresses se tivesse levado em consideração isso em alguns projetos…
    Ps: gostaria que você colocasse uma outra lista de sites interessantes que vc costuma visitar sempre, virei leitora diária do Café Colombo depois da sua dica ; )

    Abraços pra vc!