10 simples passos para otimizar o SEO On Page do seu conteúdo após a publicação e subir no ranking do Google

10 simples passos para otimizar o SEO On Page do seu conteúdo após a publicação e subir no ranking do Google

SEO On Page

Você já ouviu falar na expressão SEO On Page?

Se você está acompanhando o curso Presença Digital de Zero a Dez, pode até nunca ter ouvido falar nisso. Mas já começou a trabalhar nele.

Lembra que, na aula anterior do curso, vimos como revisar um texto no seu site antes de publicá-lo na internet?

Pois bem. Muitos daqueles 20 itens que revisamos fazem parte de uma estratégia de SEO On Page que você já começou a utilizar.

Nesta aula, avançaremos mais um pouco. Veremos como fazer uma revisão no seu conteúdo depois que ele já está publicado.

Com isso, você completará a sua estratégia de SEO On Page e multiplicará as suas chances de posicionar bem seu conteúdo nos mecanismos de busca.

Continue acompanhando esta aula para saber:

  • Por que revisar um conteúdo depois que ele já está publicado
  • O que é SEO On Page
  • O Checklist de 10 passos para a revisão pós-publicação

Primeiro, vamos discutir a importância desta segunda revisão.

Por que revisar um conteúdo depois que ele já está publicado

SEO On page

Na aula anterior do curso, mostrei um checklist de revisão pré-publicação com 20 itens que não deixam passar nada.

Se isso é verdade, o que há ainda a ser revisado? E por que não o foi antes da publicação?

O fato é que existem alguns fatores, especialmente de SEO On Page, que só podem ser verificados depois que o seu conteúdo está no ar.

Por exemplo: linkagem interna. Como você vai acrescentar links para o seu novo conteúdo em textos antigos antes de o novo conteúdo ser publicado?

Como vai utilizar aplicativos que checam o código da sua página se ela não estiver no ar?

Com vai fomentar comentários em um post ainda não publicado?

A revisão pós-publicação, portanto, reúne os itens que não podem ser adequadamente analisados enquanto o seu texto não estiver rodando na internet.

E muito disso se deve à análise de fatores de SEO On Page…

O que é SEO On Page

O que é SEO On Page?

SEO é a sigla para search engine optimization, ou otimização para mecanismos de busca.

O SEO em geral diz respeito a fatores constantes em todo o seu site. Domínio, hospedagem, estrutura, usabilidade, velocidade etc.

Muitos dividem os mais de 200 fatores que o Google leva em consideração na hora de montar os resultados de busca em SEO Off Page e On Page.

O SEO Off Page diz aos mecanismos de busca o que os outros pensam sobre o seu site.

Aqui entram estratégias de link building, presença nas redes sociais e análise de backlinks que veremos na sétima etapa do curso Presença Digital de Zero a Dez.

Já o SEO On Page, no contexto que quero abordar nesta aula, é a aplicação de otimizações a uma página específica do seu site.

No caso aqui do curso, a aplicação na página em que o seu novo conteúdo acaba de ser publicado.

Durante a revisão pré-publicação, fizemos várias otimizações desse tipo:

  • Título, subtítulos, URL, meta descrição e primeiro parágrafo com a palavra-chave
  • Densidade de palavras-chave
  • Inclusão de imagens otimizadas e com atributo alt
  • Extensão e apresentação do texto
  • Links internos e externos para conteúdos relacionados

Na verdade, todo o processo de criação de conteúdos que estamos vendo nesta terceira etapa do curso levou em consideração o SEO On Page.

Por conta disso tivemos tanto cuidado em fazer um planejamento de conteúdo, pesquisar palavras-chave, estruturar o post, escrever um título poderoso, acrescentar imagens e vídeos etc.

Por isso é importante você acompanhar toda o curso, cadastrando seu e-mail abaixo:

Descubra o método de 10 etapas que qualquer pessoa pode usar para criar presença digital e transformar seu hobby no seu trabalho começando do zero hoje mesmo.

Ainda assim, restam alguns poucos fatores SEO On Page que, como disse, só podem ser analisados depois da publicação.

Por isso apresentamos…

O Checklist de 10 passos para a revisão pós-publicação

Checklist SEO On Page

Este checklist é praticamente uma continuação do checklist de revisão pré-publicação.

Vamos pode usar os dois em continuidade, caso tenha publicado o texto logo ao final da revisão inicial.

Ou terá que esperar o agendamento do post se concretizar para, com o texto publicado, começar a nova revisão.

Vejamos agora, passo a passo, como revisar um texto já publicado na internet.

1. Conferir publicação do conteúdo no site

SEO On Page Revisão

O primeiro passo é simplesmente acessar o seu site e conferir se o conteúdo está aparecendo corretamente na página inicial, na categoria e onde mais ele deva aparecer.

Acesse o conteúdo em si e passe a vista só para garantir que está tudo certo.

Se possível, faça isso tanto no computador quanto no smartphone.

2. Fomentar os comentários

Fomentar comentários no blog

Com seu próprio nome e foto, deixe um primeiro comentário no seu conteúdo.

Pergunte o que o seu leitor achou do texto. Reforce sua chamada para ação. Incentive o debate.

Essa prática simples, além de acabar com o temido “zero comentários”, já se mostrou eficaz para que as pessoas se animem a comentar mais.

Ela também pode ser utilizada nos seus posts de Facebook, Instagram e outras redes sociais.

3. Linkar conteúdos antigos com o novo texto

SEO Internal Linking

Faça uma busca no seu site com a palavra-chave trabalhada no conteúdo que acaba de ser publicado.

Nos resultados da busca, veja quais conteúdos antigos podem ser editados para incluir links para a sua nova publicação.

Lembre-se: o link deve ficar na palavra-chave ou em seus sinônimos, não em termos genéricos como “clique aqui” ou “neste link”:

Você já ouviu falar de machine learning?

Pois uma das maneiras pelas quais os robôs do Google aprendem a encontrar, classificar e ordenar conteúdos é por meio dos links internos e externos.

Caso o seu site tenha uma boa estratégia de links internos, o robô terá muito mais facilidade de encontrar seus novos conteúdos.

Além disso, páginas recentemente atualizadas (como quando você adiciona um novo link) tendem a ser mais valorizada pelos mecanismos de buscas do que aquelas que nunca recebem atualizações.

Se você utiliza WordPress, existem plugins (como o SEO Smart Links) que fazem isso automaticamente. Você só precisa acrescentar a nova palavra-chave.

4. Analisar o tempo de carregamento da página

Tempo de carregamento da página

Acesse o site Web Page Test ou GT Metrix ou e digite lá a URL do seu novo post.

Esses sites vão avaliar o tempo de carregamento da página. Se a página demorar mais de 4 segundos para carregar, você está em maus lençóis.

A velocidade de carregamento de uma página é um dos fatores mais importantes para os mecanismos de busca. Por isso merece tanta atenção.

O GT Metrix dá um curso de sugestões de melhoria que você pode seguir para melhorar o tempo de carregamento.

A solução pode ser trocar o servidor ou otimizar o código do site como um todo.

Porém, muitas vezes o problema está na própria página: no peso das imagens.

5. Conferir otimização das imagens

Otimização de imagens

Se você seguiu o que foi ensinado no post sobre otimização de imagens, já passou seus arquivos por sites como o TinyPNG.

Na análise do GT Metrix, ele confere se as imagens estão realmente otimizadas. Se não estiverem, o próprio site oferece um link chamado See optimized version para você baixar a imagem otimizada. O mesmo é feito pelo Google Pagespeed Insights.

Depois, é só subir para o seu site e substituir a imagem pelo novo arquivo mais otimizado.

6. Validar o código HTML

Validação de código HTML

Acesse o W3 Validator e digite lá a URL do seu novo conteúdo. Ele vai analisar se o código HTML da página é válido.

Um código válido garante que sua página seja bem vista e compreendida tanto por navegadores quanto por mecanismos de busca.

Embora boa parte do HTML esteja na estrutura do site, é possível que você tenha cometido algum erro ao produzir o conteúdo do post.

Alguns erros comuns de HTML são:

  • Esquecer de fechar aspas em algum link ou imagem
  • Fechar cabeçalhos confundindo a hierarquia, por exemplo [h3] Título [/h2]
  • Utilizar tags ultrapassadas, como [b] em vez de [strong] para negrito
  • Esquecer de fechar listas
  • Erros de digitação em geral
  • Não colocar o atributo alt nas imagens

Tudo isso será analisado automaticamente pelo W3 Validator. Ele sinaliza avisos (warnings) e erros (errors). Estes últimos precisam ser corrigidos.

O próprio validador vai oferecer a solução.

Você só tem que identificar se ela está no texto do seu novo conteúdo (para poder corrigir sozinho) ou se está na estrutura do site (o que talvez tenha que ser corrigido por um programador).

7. Avaliar no Google PageSpeed Insights

Google PageSpeed Insights

Este é o último dos 3 testes que recomendo fazer para analisar o SEO On Page do seu novo conteúdo.

O PageSpeed Insights é uma ferramenta do próprio Google para analisar pontos de melhoria na sua página.

Ele divide a análise entre a versão para dispositivos móveis e para computadores. E dá preferência para os dispositivos móveis.

Isso é uma pista clara da importância que o Google vem dando para o desempenho rápido e amigável de uma página nos smartphones e similares.

Observe os pontos de melhoria que ele indicar e verifique o que é conteúdo e o que é estrutura do site.

Ambos precisam ser corrigidos, mas o conteúdo geralmente você pode alterar fácil e rapidamente.

8. Acrescentar a nova palavra-chave no monitoramento

Monitoramento de palavras-chave

Este é um passo opcional.

Se você faz algum tipo de monitoramento sobre o posicionamento das suas páginas em relação a determinadas palavras-chaves, esta é a hora de acrescentar o novo termo.

Ferramentas como Ahrefs, Moz Pro e RD Station realizam esse tipo de monitoramento, em planos pagos.

Se quiser apenas dar uma olhada gratuitamente em determinada palavra, utilize o Rank Tracker da própria Moz.

O que você tem a fazer aqui é simplesmente acrescentar a nova palavra-chave na ferramenta escolhida.

9. Garantir que o Google indexou a nova página

Não tome por certo que o Google vai acrescentar a sua página aos resultados de busca.

O ideal é você esperar um ou dois dias da publicação para ver se o novo conteúdo já está aparecendo no Google.

Para isso, basta usar o seguinte comando na caixa de busca do Google:

site:seu-dominio.com.br/seu-texto

Por exemplo, para verificar se esta aula que você está lendo já aparece no Google, eu teria que digitar lá:

site:fatorw.com.br/seo-on-page

Se a página aparecer, ótimo. Se não, você deve acessar o seu Google Search Console para verificar o que está acontecendo.

Primeiro, garanta que o seu sitemap está sendo enviado. Se você usa o WordPress, a maneira mais fácil é instalar o plugin Yoast SEO e configurar o sitemap.

Dê uma olhada no relatório de status do index provido pelo Google Search Console para verificar quantas páginas do seu site estão indexadas.

O Google Search Console fornece ferramentas para que se possa analisar como o site está sendo visto e indexado pelo mecanismo de busca. O cadastro é gratuito.

Você pode solicitar a indexação de uma página específica no Search Console, indo em Rastreamento -> Buscar como o Google.

É só acrescentar a URL do seu novo conteúdo, buscar e depois clicar no botão Solicitar indexação. É possível solicitar até 500 indexações por mês.

10. Marcar no calendário a avaliação do post

Agendar revisão de post

O último passo da revisão pós-publicação é marcar uma “nova revisão”.

O seu novo conteúdo tem um objetivo, certo? Ele precisa cumprir uma tarefa dentro da sua estratégia de conteúdo.

Como você sabe se ele cumpriu essa tarefa? Analisando os resultados.

Porém, isso não pode ser feito agora. O conteúdo acabou de ser publicado e ainda não deu tempo de observar resultados.

Além disso, você nem começou a divulgar o conteúdo.

Por isso, o último item deste checklist é você definir uma data para avaliar os resultados do seu novo conteúdo.

Marque no calendário do seu celular ou em outro software que use para gerenciar a agenda uma data daqui a um, três ou seis meses para reavaliar se o conteúdo cumpriu seus objetivos.

Falamos da análise de métricas ainda nesta etapa do curso, na aula sobre como usar o Google Analytics.

Nela, você irá verificar se o conteúdo cumpriu seus objetivos, quantos acessos teve, se foi compartilhado, se recebeu backlinks, se está bem posicionado no Google etc.

Por enquanto, tudo o que você tem a fazer é definir a data dessa reavaliação. Na minha opinião, três meses é o período ideal. Mas isso varia de acordo com cada projeto.

Recapitulando: 10 itens para revisar o SEO On Page do seu post após a publicação

Vamos recapitular, então, os 10 itens que utilizo para revisar o SEO On Page de um texto após sua publicação:

  1. Conferir publicação do conteúdo no site
  2. Fomentar os comentários
  3. Linkar conteúdos antigos com o novo texto
  4. Analisar o tempo de carregamento da página
  5. Conferir otimização das imagens
  6. Validar o código HTML
  7. Avaliar no Google PageSpeed Insights
  8. Acrescentar a nova palavra-chave no monitoramento
  9. Garantir que o Google indexou a nova página
  10. Marcar no calendário a avaliação do conteúdo

Você deve adaptar o checklist de acordo com as necessidades do seu projeto. E essa é a tarefa a seguir.

Plano de Ação 3.12

Ao final de cada aula do curso Presença Digital de Zero a Dez, ofereço uma série de tarefas específicas para você executar.

A ideia é não ficarmos apenas na teoria, mas partirmos para transformar, na prática, projetos em realidade.

As tarefas estão numeradas de forma sequencial desde a primeira aula, para que alguém que chegue no meio da jornada possa se localizar com facilidade.

Tarefa #35: Estabeleça o seu checklist de revisão pós-publicação

Assim como fez na aula sobre como revisar um texto antes da publicação, você precisa definir o seu checklist de revisão pós-publicação.

Pegue os 10 itens que listei nesta aula como modelo e adapte para as necessidades do seu projeto.

Utilize um gerenciador de tarefas como Trello ou outro similar para ter esse modelo sempre à mão quando for produzir um novo conteúdo.

Tarefa #36: Revise o conteúdo publicado

Na Tarefa #34, você revisou e publicou o conteúdo que vínhamos produzindo desde o começo da etapa de Produção de Conteúdo do curso Presença Digital de Zero a Dez.

Agora, acesse o texto publicado e faça uma revisão dos fatores SEO On Page que vimos na aula de hoje.

Na próxima aula do curso, veremos como divulgar na internet o seu conteúdo pronto e revisado.

Até lá, se tiver alguma dúvida sobre SEO On Page, deixe um comentário logo abaixo. Nos vemos na próxima aula!

Walmar Andrade
Perguntas dos alunos

2 comentários