Não obrigue o usuário a abrir link em uma nova janela

Não obrigue o usuário a abrir link em uma nova janela

O W3C baniu o atributo target, muito utilizado pelos desenvolvedores para abrir um link – geralmente externo – em nova janela. Os especialistas do consórcio, que fazem pesquisas em três universidades no Japão, Europa e Estados Unidos, concluíram que abrir uma nova janela mais atrapalha do que ajuda a navegação. Para ter páginas validadas pelo W3C e continuar abrindo links em novas janelas, alguns desenvolvedores estão usando um JavaScript. Qual a lógica disso?

Ora, se você quer abrir um link em uma nova janela, use o target e não use XHTML, ficando nas versões anteriores do HTML. Enganar o validador (e por conseqüência o usuário) não traz benefício nenhum, talvez muitos façam isso somente para mostrar a página de XHTML válido.

Há quem diga que abrir em nova janela ajuda o usuário, para que ele “não perca a navegação”. Ora, se os estudiosos da Massachusetts Institute of Technology in the U.S, The French National Research Institute in Europe e Keio University in Japan concluíram que isso atrapalha o usuário, é bem mais confiável do que o “achismo” de cada desenvolvedor sobre o assunto.

Pesquisas já mostraram que o botão voltar é um dos principais instrumentos de navegação, principalmente para usuários inexperientes. Se uma nova janela é aberta maximizada, o usuário pode nem perceber que a outra ficou por trás e ficará frustrado ao acionar o voltar e nada acontecer.

Outro argumento forte é que, se você usa o [target=_blank], está obrigando o usuário a abrir o link em uma nova janela. Se você não usa, você está dando a opção ao usuário de abrir ou não em uma nova janela. Creio que todo mundo prefere ter a opção a ser obrigado a fazer alguma coisa. Então, basta botar um aviso na página explicando ao usuário que ele pode abrir aquele link em nova janela segurando o shift ou clicando com o botão direito do mouse, por exemplo.

Por fim, quem projeta para a internet profissionalmente deve já ter na cabeça que a web é apenas a plataforma e que a forma como os usuários utilizam essa plataforma pode variar bastante. Alguém pode estar acessando o site sem ser de um computador convencional, através de computadores de mão, celulares, leitores de tela como o DOSVOX, geladeira, etc. Esses dispositivos não têm suporte tão bom a múltiplas janelas quanto o bom e velho computador de mesa, então forçá-los a abrir uma nova janela parece-me não ser uma boa opção.

Walmar Andrade
Perguntas dos alunos

27 comentários
  • Um dos motivos pra eu amar o Opera: mesmo qdo usam target=_blank, ele abre a página em uma nova aba, e não em uma nova janela como o Mozilla. :). Mas é uma pena que usuários inexperientes não conheçam ele. Pra mim, é o melhor em facilidade de navegação. Tudo com configuração padrão, sem precisar instalar plugins, como o Firefox.

  • Creio que a solução de abrir uma nova janela ou abrir na mesma, ambas tem suas utilidades. Vai me dizer que você nunca ficou puto quando você clicou naquele link e abriu na mesma janela? Ou vice-versa, também acontece, você espera que o link abra na mesma página e quando você clica abre aquela maldita janela. Acho que são situações diferentes, pra casos diferentes, mas você tem que concordar que faz mais sentido usar um javascript e “Enganar o validador (e por conseqüência o usuário)” do que uma explicação de como abrir um link em uma nova janela usando shift. Concordo plenamente com o Henrique (Revolução CSS): “Acredito que esta solução tem seu espaço, mas não é mais aqui.”

  • Newton Wagner, o Mozilla Firefox também possui essa opção de abrir a página em nova aba ao invés de em nova janela. Basta ir em Tools, Options; clicar no ícone Tabs e marcar “force links that open new windows to open in: a new tab”.

  • É uma boa saber com respeito a essa nova posição com respeito a XHTML.
    Eu mesmo não suporto quando o navegador abre em uma nova janela, por isso sou usuário tanto do opera qunto do firefox. Pois existe a possibilidade de abrir em uma nova ‘tab’.

    Agora com relação a desenvolvimento, qual seria o(s) jeito(s) de minha aplicação abir um link em um novo navegador?

  • (A partir de hoje) Eu tinha esse mau hábito, achava prático, mas há no teu texto um trechinho que invalida qualquer argumentação:
    “…se você usa (…) está obrigando o usuário (….) todo mundo prefere ter a opção a ser obrigado a fazer alguma coisa.” É isso. Assunto encerrado.

  • Realmente forçar os usuários não é uma boa idéia. Porém, eu mesmo odeio quando estou lendo alguma coisa e clic em um link que abre na mesma aba ou janela em que estou.
    Mas já que pesquisas mostram que é melhor abrir na mema janela, irei retirar o javascript que usava antes e deixar que a vontade do usuário seja feita.

  • Eu falando como usuário gosto de sites que abrem em novas janelas. Porém com o Firefox e com o IE 7 se você tiver um mouse com botão de rolagem (aquela bolinha do centro) a vida fica muito mais fácil. Clica com ela sobre o link e a página abre em uma nova aba, o que é muito bom, extremamente bom.

    Sendo assim, aos usuários que conhecem é sempre bom não usar o terget=”_blank” . Não sei se valeria para usuários inexperientes, pois pude perceber que a maioria dos usuários da internet não sabem usá-la e nem mesmo fazer uma busca decente no google.

    Então, a questão é sempre focar o público alvo e tomar a decisã que você imaginar ser a correta e analisando a satistação ou não dos clientes, mudando se preciso for.

  • Ridiculo isso, o que faz o usuário ficar na minha página são meus conteúdos, minhas cores e minha forma de programar, a maioria dos usuários que pesquisei tem costume de fechar a página para voltar aonde estava, e se abrir na mesma página, e o usuário fechar, sim é bem mais frustante perderrr tooodo o site, o relatorio porque? porque os cara la do japao “acham” que tem que ser na mesma página

    aeuheauhaehae acho que o execesse de conhecimento afeta as pessoas, o que vale é o convívio com o dia a dia e conversando com os usuários foi assim que tirei a conclusão que o target E EXTREMAMENTE Fundamental para uma página acessível e coerente.

    Não se convenceu ainda? Bom citamos um exemplo quantas páginas são possiveis retornar no botão History? A maioria da problema! Principalmente quando voce envia um relatório, e o que vemos? uma pagina de ERRO ou nenhuma mudança, nossa mais uma frustração para o usuário ! Esse povo ai da Europa tá precisando navegar mais antes de tirar esse tipo de conclusão.

    E você antes de concordar com os cara deveria tirar suas próprias conclusões também 🙂

  • Ora, se os estudiosos da Massachusetts Institute of Technology in the U.S, The French National Research Institute in Europe e Keio University in Japan concluíram que isso atrapalha o usuário, é bem mais confiável do que o “achismo” de cada desenvolvedor sobre o assunto.

    Nossa, depois dessa nem continuo mais lendo este blog. Concordo totalmente com a Ana.

  • Menos mal que o mundo mudou. Se tua mãe tivesse que perguntar ao MIT se tu deverias nascer, eles provavelmente diriam que não, porque eles não acham que seja nescessario que tupiniquins existam.E por falar a verdade meu camarada acho que liberdade é não dizer só sim ao MIT, porque eles não se preocupam contigo e certamente quando eles disserem que não é pra fazer isto ou aquilo é porque eles tem outras intenções que não representa a mesma que eles estão dizendo.

  • Espero que voce não tenha de perguntar aos caras la da p…. Se é voce ou eles que devem ter filhos com tua mulher…bah! ja pensou nisto.

  • Espero que voce não tenha de perguntar aos caras la da p…. Se é voce ou eles que devem ter filhos com tua mulher…bah! ja pensou nisto. Liberdade significa…dizer não ao colonialismo.

  • PESSOAL!

    ESSE PROBLEMA ACABOU!

    COM O USO DAS ABAS (OU GUIAS) NÃO HÁ MAIS ESTE INCONVENIENTE.

    AGORA O TARGET=”_BLANK” ABRE UMA NOVA GUIA. MUITO MAIS PRÁTICO!

  • É pessoal para nós é muito facil falarmos disso, mas pense em um site que o cliente pediu uma sub-pagina de links úteis, a maioria de vocês já deve ter sido questionado do por que não esta abrindo em outra janela, pois o cliente não quer que o usuário saia de sua página.
    Mesmo com argumentos tão fortes quanto aos que usamos para nossos clientes, ele simplesmente responde “assim como eu que uso o IE xx, e nao sabe mexer muito nao vai clicar com o botão direito e abrir uma nova janela ou aba”. Só acho que não poderia ser banido pelo w3c dessa maneira. Mas como citado pelo dono do post, quem somos nós contra os estudiosos.