Como fazer um infográfico perfeito e multiplicar o compartilhamento do seu conteúdo mesmo sem saber nada de design

Como fazer um infográfico perfeito e multiplicar o compartilhamento do seu conteúdo mesmo sem saber nada de design

Como fazer um infográfico

Você já imaginou aprender como fazer um infográfico que aumente em 100 vezes a taxa de compartilhamento dos seus conteúdos na internet?

O infográfico é um formato que vem ganhando bastante espaço nos últimos anos. E não é de se estranhar.

Em um contexto de veloz consumo de informação, os gráficos informativos são uma maneira fácil de transmitir uma grande quantidade de conteúdo em alguns poucos minutos.

Ainda assim, relativamente poucos produtores de conteúdo têm explorado de forma efetiva o poder da infografia.

Para que você não cometa essa erro, vamos ver nesta aula do curso Presença Digital de Zero a Dez:

  • Por que usar infográficos pode aumentar exponencialmente o compartilhamento do seu conteúdo
  • Como fazer um infográfico facilmente, começando com papel e caneta
  • 6 simples passos para criar um infográfico
  • 12 ferramentas para criar infográficos incríveis
  • O case do Viver de Blog

Vejamos primeiro as razões pelas quais você deve considerar usar infográficos na sua estratégia de conteúdo.

Por que usar infográficos pode aumentar exponencialmente o compartilhamento do seu conteúdo

Por que usar infográficos

Você sabia que, segundo a Universidade de Londres, praticamente metade do cérebro é dedicada ao processamento visual?

Esse é um dos fatores que explicam o sucesso da infografia nos últimos tempos. Mas, você sabe exatamente o que é um infográfico?

Um infográfico nada mais é do que a apresentação de informações por meio de elementos gráficos (foto, ilustração, desenho, diagrama, vídeo etc.) integrados em explicações sucintas.

Essa forma de se comunicar aumenta em até 80% o desejo de consumo de informação. No caso de textos injuntivos, como tutoriais e manuais, a taxa de sucesso aumenta em mais de 300%, segundo dados da Unbounce.

Os infográficos começaram a ser usados com mais intensidade no jornalismo impresso a partir da década de 1980. Depois, o formato começou a ser aproveitado em outras mídias, como televisão e internet.

Na web, uma das principais vantagens dos infográficos é permitir o compartilhamento rápido de informações.

Isso significa que um mesmo conteúdo em formato de infográfico tem muito mais chances de ser compartilhado nas redes sociais do que se estivesse simplesmente como texto.

Nas últimas duas aulas do curso Presença Digital de Zero a Dez, começamos a estudar os elementos visuais que compõem uma estratégia de conteúdo.

Falamos sobre imagens e vídeos. E agora vamos complementar descobrindo como fazer um infográfico que alavanque a sua audiência.

Como fazer um infográfico facilmente, começando com papel e caneta

Como criar infográficos

Assim como acontece com os vídeos, muitos produtores de conteúdo deixam de fazer infográficos por considerar que é algo muito complicado.

Mas, e se eu dissesse a você que o caminho mais simples para aprender como fazer um infográfico é utilizando papel e caneta?

O problema de quem se frustra tentando produzir infográficos é a falta de método.

A maioria abre um programa de edição de gráficos como Photoshop ou Canva e tenta começar a harmonizar dados e informações de forma visual, sem nenhum planejamento anterior.

Isso raramente dá certo, mesmo em ferramentas especificamente desenvolvidas para a criação de infográficos.

A razão é que a parte gráfica é apenas o final do processo de produção de um infográfico, não o primeiro passo.

Vejamos, então, que passos são esses.

6 simples passos para criar um infográfico

1. Realize uma pesquisa sobre o tema

Pesquisar infográficos

A primeira etapa para aprender como fazer um infográfico criativo é dedicar tempo para a pesquisa do tema.

Aqui, você pode seguir o mesmo caminho inicial que ensinamos na etapa de Produção de Conteúdo do curso:

  1. Faça um planejamento de conteúdo e defina um tema
  2. Realize uma pesquisa de palavras-chave e analise o que já existe na internet
  3. Avalie a possibilidade de uso de técnicas de storytelling
  4. Estruture o seu conteúdo em tópicos e subtópicos

Ao final deste primeiro passo, você deve ter um documento com todas essas informações escritas.

Uma dica é utilizar uma lista simples para relacionar os dados que aparecerão no seu infográfico. Liste também os links das fontes utilizadas na pesquisa.

Este é o passo mais importante. Se você o executar corretamente, todo o restante do processo será bastante facilitado.

2. Disponha as informações no papel

Infográficos com papel e caneta

O segundo passo é pegar papel e caneta e dispor as informações que você pesquisou e estruturou.

Faça quantos rascunhos forem necessários. Não se preocupe com a beleza nesta etapa do processo, mas sim com a estrutura das informações.

Procure seguir boas práticas sobre como fazer um infográfico, tais quais:

  • Destacar as informações mais relevantes
  • Agrupar os dados similares
  • Guiar o caminho que o olho do leitor irá percorrer, com setas, números, percursos ou elementos semelhantes
  • Dar preferência a estatísticas, processos, fluxogramas, linhas do tempo e similares
  • Utilizar símbolos e cores que já signifiquem padrões para a persona do seu nicho de mercado
  • Considerar dividir o infográfico em seções se o conteúdo ficar muito extenso
  • Finalizar o infográfico com uma chamada para ação, conforme explicado na aula sobre como fazer uma conclusão

Uma folha de papel A4 em branco e uma caneta Bic é tudo de que você precisa.

Faça o esboço em uma cor só e, se precisar, escreva o nome da cor ideal para determinado elemento.

Utilizar ferramentas nesta fase da criação vai mais atrapalhar do que ajudar, inclusive podendo limitar a sua criatividade.

Falando nisso, se você acredita que não é uma pessoa criativa, leia meu texto sobre como ser criativo mesmo sem nenhum talento ou dom especial no Mude.vc.

3. Escreva os textos

Escrever textos para infográficos

Apesar de ser essencialmente visual, um infográfico contém alguma quantidade de texto.

Procure limitar os textos a blocos curtos e objetivos. O segredo aqui é fazer com que cada pedaço de informação seja transmitido da melhor forma.

Você terá que cortar todos os textos que não fornecerem informação relevante ou que repitam algo que já está dito em outros textos ou mesmo por meio dos gráficos.

Uma boa maneira de falar mais escrevendo menos é se aproveitando da intertextualidade.

Por exemplo, uma simples palavra (“pinóquio”) pode substituir quatro (“menino que mente muito”) de forma mais rica do que apenas o termo “mentiroso”.

Também neste terceiro passo você precisará definir o título do seu infográfico. Para isso, utilize as mesmas orientações da aula especial sobre como escrever títulos.

Então, só o que não puder ser transmitido em forma de imagem deve aparecer como texto.

4. Busque modelos e inspirações

Inspiração para infográficos

Agora que você já tem os dados e um esboço visual, é hora de buscar na internet modelos e inspirações para o seu infográfico.

Aqui é onde muita gente acaba frustrada. Como existem infinitos infográficos belíssimos, não é incomum perdermos horas e horas navegando e encontrando excelentes fontes de inspiração.

Ter um esboço pronto em mãos é importante para que você já saiba o que procurar. Mas também é importante que você limite o tempo da sua pesquisa, para que ela não dure indefinidamente.

O melhores sites para buscar inspiração são:

Se puder, faça as buscas em inglês para encontrar uma maior quantidade de resultados.

Por fim, não fique comparando a qualidade visual do seu infográfico com os resultados que encontrar.

Tenha em mente que muitos dos excelentes infográficos são produzidos por equipes inteiras dedicadas a esse trabalho, em grandes empresas.

Colocar-se em batalha mental com isso só vai gerar frustração e pode levar à desistência.

Se for para comparar, compare o seu próximo infográfico com o seu trabalho anterior, para verificar se está evoluindo.

5. Produza (ou mande produzir) o infográfico

Como fazer um infográfico

A partir daqui você tem duas opções.

A primeira opção é você mesmo produzir o infográfico.

Se tem alguma familiaridade com design e ferramentas de ilustração, como Photoshop ou Illustrator, pode já começar a trabalhar.

É recomendável ter uma base de elementos para utilizar. Em bancos de imagens (principalmente pagos), é possível encontrar sob o rótulo “infographic elements” dezenas de vetores para ser utilizados na infografia.

Outra opção é utilizar aplicativos especificamente desenvolvidos para criação de infográficos, como Piktochart ou Canva.

Logo abaixo, indicarei 12 ferramentas para você saber como fazer um infográfico como um profissional.

A segunda opção é mandar alguém produzir o seu infográfico.

Passando os dados da pesquisa, o esboço visual, os textos e as inspirações, um bom designer conseguirá criar o infográfico para você.

Em sites como Fiverr ou Get Ninjas, é possível encontrar designers que trabalham por obra.

Tenha em mente que não existe isso de produzir um infográfico “de graça”. Você estará pagando, ou com seu tempo se for produzir sozinho, ou com seu dinheiro se for produzir com terceiros.

Avalie qual é o melhor custo benefício.

6. Publique e divulgue

Como divulgar um infográfico

Depois que o infográfico estiver pronto, você precisa publicá-lo no seu site e divulgá-lo na internet.

Lembre-se de fazer uma revisão minuciosa no seu infográfico antes da publicação, para evitar que uma imagem com erro associada à sua marca seja compartilhada na internet.

Durante a revisão, confira se está clara a fonte das informações de cada dado. Disponibilize os links das fontes no rodapé.

Seguindo a estratégia que estamos vendo desde o início do curso Presença Digital de Zero a Dez, o ideal é você publicar o infográfico no seu próprio hub digital.

Como algumas vezes a imagem pode ficar muito pesada, lembre-se de:

  • Publicar nas dimensões corretas, conforme ensinado na aula sobre imagens
  • Otimizar a qualidade da imagem para web, usando sites como TinyPNG
  • Fatiar a imagem em pedaços, se mesmo otimizada ela ficar muito pesada
  • Linkar para o download de arquivo em alta resolução, que pode ser a imagem em alta qualidade ou mesmo um PDF que sirva como recompensa digital para construção da sua lista de emails
  • Disponibilizar em texto os principais dados do infográfico, para facilitar a indexação por mecanismos de busca, como o Google

Depois que fizer isso, divulgue o link onde o seu infográfico está publicado nas redes sociais, especialmente aquelas voltadas para imagem.

Uma boa dica é publicar também no Pinterest, lembrando-se de utilizar os termos infográfico e infographic.

12 ferramentas para criar infográficos incríveis

Não é o pincel que dá a qualidade do quadro. Mas é muito mais difícil pintar um quadro sem um bom pincel.

Abaixo listo algumas ferramentas que vão auxiliar você na criação dos infográficos.

1. Adobe Illustrator

Adobe Illustrator

É a minha ferramenta preferida e a mais utilizada por designers profissionais.

O Illustrator é um programa da Adobe criado em 1985 e que vem evoluindo desde então.

Ele serve para a criação dos chamados gráficos vetoriais, aqueles que utilizam formas que são escaláveis sem perda de qualidade.

O programa não é gratuito, não é simples de aprender e requer horas de prática. Por isso, não é a opção recomendada para iniciantes.

2. Adobe Photoshop

Adobe Photoshop

Da mesma empresa, o Photoshop também é um editor de imagens, porém mais focado em gráficos matriz, embora também trabalhe com vetores.

O Photoshop é mais voltado para fotos e imagens não escaláveis. É muito utilizado no tratamento de imagens, especialmente fotografias.

Como os infográficos para web não precisam necessariamente ser escaláveis (a não ser que você queira disponibilizá-los assim em PDFs e arquivos similares), o Photoshop é uma opção.

No entanto, ele tem os mesmos empecilhos do Illustrator. Ou seja, não é gratuito, não é simples de aprender e requer horas de prática.

Não é, portanto, opção indicada para iniciantes.

3. Canva

Canva Infográficos

O Canva é considerado por muitos como o programa de design mais fácil de usar do mundo.

Rodando na web sem precisar de instalação, em português e com uma versão gratuita, o Canva logo se tornou o queridinho de produtores de conteúdo independentes que não têm condições de pagar um designer.

No site, é possível fazer diversos tipos de imagens, incluindo infográficos.

4. Piktochart

Piktochart

O Piktochart segue princípios semelhantes aos do Canva: roda na web sem precisar de instalação e é pensado para usuários que não são necessariamente designers profissionais.

A maior diferença é que o Piktochart é focado principalmente na infografia. Ou seja, se você quer saber como fazer um infográfico com uma ferramenta especializada, o Piktochart é a sua melhor escolha.

A ferramenta possui dezenas de templates, ou seja, modelos prontos pagos e gratuitos para você usar como base.

Se você seguiu o processo que recomendo nesta aula, já chegará ao Piktochart com um esboço visual em mãos. E aí ficará muito mais fácil selecionar o template.

5. Infogram

Infogram Infográficos

O Infogram é bastante semelhante ao Piktochart em termos de usabilidade, porém é mais voltado para dados e estatísticas.

É possível enviar para o Infogram uma planilha de dados e ele mesmo transforma a informação em gráficos de pizza, de linha, de barras etc. São 35 opções de gráficos.

As opções de templates são menores do que as do Piktochart, mas há centenas de mapas disponíveis para utilização.

6. Venngage

Venngage

O Venngage é mais uma opção web que segue o esquema de três passos para a criação de infográficos. Escolha um template, adicione os dados e customize o visual.

O site possui templates gratuitos e pagos. E também disponibiliza o que chama de “layouts”, que seriam as estruturas do infográfico, porém, diferente dos templates, sem a parte visual.

7. Easely

Easely Infographics

Muito voltado para infográficos de fluxogramas, o Easely oferece, além dos templates, ebooks que ensinam como fazer um infográfico com a ferramenta.

O funcionamento é o mesmo das três opções anteriores. Você se registra gratuitamente, mas só consegue desbloquear algumas funcionalidades e modelos se pagar.

8. Visme

Visme Ferramenta para Infográfico

Ainda nessa linha de ferramentas, temos por fim o Visme, que ainda está em versão beta.

A ideia é a mesma: facilitar a criação de infográficos e outros elementos visuais por pessoas que não são experts em design. Se as ferramentas anteriores não servirem, vale a pena testar o Visme.

9. Google Charts

Google Charts

O Google Charts é uma ferramenta gratuita do Google para criar gráficos a partir de planilhas de dados.

Nele, você não criará o infográfico completo. Mas pode criar um gráfico de pizza ou um mapa, por exemplo, para utilizar a imagem no seu infográfico.

O Charts também permite que você incorpore o gráfico diretamente no seu site, para dados que são constantemente atualizados (como informações financeiras ou estatísticas de acesse a um site, por exemplo).

10. Bancos de Imagens

Bancos de Imagens

Outra ferramenta que você provavelmente precisará para saber como fazer um infográfico de qualidade são os bancos de imagens.

Se você vai trabalhar com gráficos escaláveis, terá que procurar um banco de imagens que ofereça o download de vetores.

Para selecionar a melhor opção, confira a aula sobre como escolher o melhor banco de imagens.

Lá eu listei 110 bancos de imagens gratuitos e outras 15 opções pagas para você avaliar.

Informe seu e-mail para receber a Planilha de 115 Bancos de Imagens editável para copiar:

11. Pinterest

Pinterest Infográficos

Falei sobre o Pinterest mais acima, ao tratar da pesquisa de inspirações para o seu infográfico.

Só que o Pinterest também deve ser encarado como uma ferramenta para a produção do seu infográfico.

Embora você não crie nada nele, é possível ir salvando elementos visuais que você encontra na web e que sirvam como fonte de inspiração futura.

Para isso, crie uma conta gratuita no site e instale a extensão no seu navegador e o aplicativo no seu smartphone.

Assim, sempre que se deparar com um elemento gráfico que possa ser futuramente utilizado, você pode salvar com facilidade.

12. Como fazer infográfico no Power Point

Como fazer infográfico no PowerPoint

Por algum motivo que não compreendo bem, muitas pessoas querem saber como fazer infográfico no Power Point.

Provavelmente é por conta da familiaridade com o software de apresentação da Microsoft, que já possui uma biblioteca de formas e gráficos pronta para ser utilizada.

No entanto, o Power Point não é uma boa opção para saber como fazer um infográfico profissional.

Se você o escolheu pela facilidade de criação, recomendo que faça o seu esboço no Power Point e depois tente reproduzi-lo no Canva, Piktochart ou Infogram.

Com dois ou três infográficos, sua habilidade nessas ferramentas já estará no mesmo nível da sua aptidão com o Power Point. E os resultados tendem a ser muito melhores.

O case do Viver de Blog

Viver de Blog Infográficos

No nicho de marketing digital, o maior caso de sucesso de uso de infográficos é o Viver de Blog, do Henrique Carvalho.

Em um nicho de mercado bastante disputado, o Henrique encontrou nos infográficos uma forma de diferenciação do conteúdo que fez com que sua marca e mensagem rapidamente se tornassem conhecida na internet.

Você pode fazer uma busca por infográficos lá no Viver de Blog e conferir a impressionante quantidade e qualidade das peças produzidas.

Atente para a quantidade de compartilhamentos que esses conteúdos têm e se anime para começar a investir em aprender como fazer um infográfico.

Plano de Ação 3.10

Ao final de cada aula do curso Presença Digital de Zero a Dez, ofereço uma série de tarefas específicas para você executar.

A ideia é não ficarmos apenas na teoria, mas partirmos para transformar, na prática, projetos em realidade.

As tarefas estão numeradas de forma sequencial desde a primeira aula, para que alguém que chegue no meio da jornada possa se localizar com facilidade.

Tarefa #32: Crie seu primeiro infográfico

Entre as Tarefas #18 a #28, nós criamos passo a passo um conteúdo em texto para o seu projeto.

A sua tarefa agora é transformar esse conteúdo – ou parte dele – em um infográfico, utilizando os princípios e ferramentas que conheceu nesta aula.

O primeiro passo você já fez. Já definiu o tema e realizou uma ampla pesquisa sobre ele. Agora siga com os demais passos para criar um infográfico:

  • Disponha as informações no papel
  • Escreva os textos
  • Busque modelos e inspirações
  • Produza (ou mande produzir) o infográfico
  • Publique e divulgue

Se for produzir sozinho, comece com as ferramentas mais fáceis (Canva ou Piktochart). Se for mandar produzir, olhe bem o portfolio da pessoa que está contratando.

Além disso, incremente o seu checklist de produção de conteúdo com mais um item:

  • Verificar possibilidade de produzir e incorporar um infográfico

Com esta aula, terminamos a tríade de elementos visuais (imagens, vídeos, infográficos) da primeira parte da etapa de produção de conteúdo do curso Presença Digital de Zero a Dez.

Na próxima aula, vemos como revisar todo o conteúdo produzido até aqui antes da publicação na internet com um checklist que não deixa passar nenhum erro sequer.

Até lá, se você tiver alguma dúvida sobre como fazer um infográfico, deixe um comentário logo abaixo.

Bibliografia deste artigo

Livro #28: Infographics: The Power of Visual Storytelling

Livro InfographicsJason Lankow, Ross Crooks e Josh Ritchie são os fundadores da Column Five, uma agência de marketing de conteúdo especializada em infográficos e visualização de dados.

Juntos, eles lançaram Infographics: The Power of Visual Storytelling, explicando como a agência faz para contar histórias por meio dos infográficos.

O livro por enquanto só está disponível em inglês, explicando os diversos tipos de infográficos e as melhores práticas da infografia.

Leitura recomendada se você quiser se aprofundar no assunto e se especializar na criação visual.

Walmar Andrade
Perguntas dos alunos

2 comentários