O boo-box realmente funciona

Há algum tempo tenho usado o boo-box aqui no Fator W para potencializar a venda de produtos da parceria que mantenho com o Submarino, que inicialmente era apenas para indicar aos usuários a compra de livros que costumo resenhar.

Para quem não conhece (alguém ainda não conhece?), o boo-box permite fazer links em imagens, vídeos ou textos para uma espécie de vitrine virtual que relaciona as tags deste link com produtos de lojas virtuais, como o próprio Submarino.

A ferramenta foi idealizada pelo Marco Gomes e logo se tornou uma startup e um dos poucos casos de produtos web criados no Brasil com boa repercussão no exterior.

Meus resultados

Conheci a boo-box ainda em 2007, quando o Marco Gomes começou a divulgar o projeto em alguma das listas de discussão das quais participo. A ideia era relacionar imagens utilizadas em blogs para apresentar anúncios contextuais.

Antes de instalar o boo-box, eu só vendia alguma coisa no Submarino quando publicava uma resenha de algum livro e o leitor se interessava pela compra. Do valor total do livro, cerca de 8% vinham para mim.

Com o boo-box, passei a colocar o link da vitrine virtual nas imagens que ilustram cada post. Eu poderia colocar também links dentro do texto, mas não acho legal do ponto de vista de usabilidade, mesmo que a caixinha do boo-box apareça ao lado de cada link.

Depois que coloquei a ferramenta, começaram a aparecer no relatório do Submarino produtos que não tinham nada a ver com os livros. Ou seja, o boo-box estava funcionando!

Descontando o crescimento natural das vendas com o aumento do número de acessos ao Fator W e o fato de que eu não exploro tanto os recursos como poderia, mesmo assim a ferramenta estava valendo a pena.

O resultado comparativo é que as vendas aumentaram cerca de 50% depois da implementação do boo-box. Parabéns então ao Marco e toda a equipe por criarem uma ferramenta tão útil para os blogueiros e também para os leitores.

Conteúdos relacionados

Perguntas & Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Ja ouvi demais a respeito dessa ferramenta e vou implementá-la no meu projeto.

    Estou juntando o dinheiro necessário para fazer o design do blog com a wenetus.

    Have a nice day

  2. boo!

    Obrigado pelo apoio, e sabe que estamos sempre dispostos a ouvir suas considerações, como usuário e especialista em interfaces.

    Teste também os widgets, eles estão fazendo bastante sucesso em blogs como o Interney e Jovem Nerd.

    from Brazil, Marco Gomes
    CTO of the boo-box team
    http://boo-box.com

  3. Testarei com todo prazer! Estou em processo de transformação do site livrosif.com em blog e fusão com outro projeto em andamento.

    Enviarei feedbacks, thanks!

  4. Sou um dos beneficiados por esta excelente ferramenta, o boobox. Graças a eles atinjo um minimo R$ 4 mil em vendas no submarino. Um ferramenta gratis, inteligente e sem egoísmo. Parabéns boo-box!

  5. Só ainda não entendi como os pagamentos funcionam. Eu sou afiliado na Amazon US. Ora se aparecem links para o submarino, Mercado Livre, etc. quem me paga as comissões? Agradeço alguém me saiba esclarecer.

  6. Para mim esta sendo a maior roubada, tenho mais retorno com o Google Adsense.
    Tenho vários projetos com o Boo-box juntamente com o Adsense, porém o índice de cliques do Boo-box é quase que zero, enquanto isso o Adsense funciona normal, agora não sei se é porque os banners não são atraentes o suficiente ou se o sistema não esta operando conforme deveria.
    A partir de agora vou retirando o Boo-box aos poucos e atualizando.
    No mais, espero que seja bom para vocês, pelo menos para a equipe Boo-box, é, equipe que nem sequer responde e-mails.