Desenvolvedores devem assinar suas criações?

Desenvolvedores devem assinar suas criações?

Uma questão que aflige muitos desenvolvedores – seja uma produtora ou um free-lancer – é saber se é correto ou não assinar uma criação. Estou falando aqui daquele bom e velho “Produzido por …” que costuma aparecer no final de alguns sites com um link para a página da produtora ou do desenvolvedor autônomo.

Pode parecer uma dúvida besta, mas que envolve algumas questões éticas. A mais básica é a seguinte: o cliente está pagando para que você construa um projeto para ele e não para que você faça propaganda no site dele.

Por outro lado, produtoras e desenvolvedores vivem de criar sites. Nada mais natural, portanto, que queiram assinar as peças que produzem na tentativa de prospectar mais clientes. Por isso que não faltam em rodapés de páginas internet afora logomarcas e slogans chamando para sites de desenvolvedores.

Há quem defenda que, se um projeto for bom mesmo, de chamar a atenção, a pessoa que visita e está interessada em construir um site vai entrar em contato com os mantenedores da página para pegar a indicação de quem construiu o projeto mesmo que não haja uma propaganda explícita no rodapé do cliente. Outros defendem que não custa nada facilitar esse caminho, colocando o link lá embaixo.

Seja qual for a posição adotada, é preciso ter alguns cuidados. O ideal é explicitar no contrato que a peça será assinada, para que o cliente não fique irritado depois por pensar que seu projeto está sendo usado para propaganda sem o consentimento dele. Outro ponto é que a assinatura deve ser discreta, preferencialmente somente texto, para que o usuário não seja penalizado a ter que baixar mais uma imagem que para a grande maioria não terá utilidade alguma.

Por fim, é preciso bom senso. A assinatura deve ser discreta, nunca uma imagem piscante. Ela não está lá para concorrer com a marca do cliente. Um exagero, em casos como esse, pode fazer o tiro sair pela culatra, afastando clientes ao invés de aproximá-los.

Walmar Andrade
Perguntas dos alunos

9 comentários
  • Vi uma discussão sobre isso uma vez, no Orkut e na comunidade do Irapuan Martinez, comunidade “Arquitetura de home page“, e como sempre ele foi bastante convincente. Assinar o site pra que, se ele nem é seu?

  • Bela questão. Dá pra uma boa discussão sobre o assunto. Eu acho válido a utilização da assinatura, logicamente como citado, sem agredir, disputar com a marca do cliente.

    Sobre o comentário anterior sobre a discussão no orlut, concordo, o site nem é seu, mas a assinatura não quer dizer que o site é meu e sim produzido, criado. Há uma diferença entre os dois termos.

    Aquele abraço

  • Essa é realmente uma questão delicada, mas eu percebi que na maioria dos casos os clientes não se importam que você inclua o link, desde que você tome a iniciativa de solicitar antecipadamente.

    Eu já consegui diversos clientes através deste método e pude perceber que a forma mais eficiente é não dar muito destaque ao seu nome, fazendo com que o link pareça um texto normal da página.

  • Eu acho que é uma questão que nem precisa ser discutida se vc encarar da seguinte forma:
    Quando um pintor assina um quadro, ele não está querendo fazer propaganda, esperando que outras pessoas entrem em contato… É só pra dizer quem é o autor da obra…
    Não vejam isso só como uma propaganda. Muitas vezes, eu entrei em um site legal e cliquei no nome do desenvolvedor para ver outros projetos dele… Simples curiosidade… Não deve ser tão incomum acontecer isso né?
    É como um livro…. imagina comprar um livro sem o nome do autor?

  • Acho que tudo depende do nível da parceria que você tem com o seu cliente.

    Já ocorreram situações em que, sem que eu citasse nada sobre o assunto, o cliente fez questão da assinatura.

    Enfim, existem casos e casos.

  • Pesseal, primeiramente parabéns ao amigo que publicou o texto acima (não vi a assinatura dele, portanto ou to cego, ou ele não assina mesmo ou o design não previu a assinatura como importante).
    Acho que a assinatura do autor da obra, é necessária sim. Na fotografia é obrigatório (Lei de Direito Autotral). Tem gente que assina até folder, cartaz. Em livro, se assina a autoria da capa, diagramação, revisão, tradução etc (e tem lugar próprio, normalmente na página 4 anverso da folha de rosto). Acho que tem que assinar sim. E, nesse caso, tería-mos que discutir é se teria link nessa assinatura e onde ela deveria figurar. Se figuraria numa ficha técnica ou no rodapé.

  • Quem fez o site concerteza detem o direito autoral sob o desenvolvimento do site então nada mais natural e justo do que ter sua assinatura em todos os seus trabalhos.
    Eu assino todos os meus projetos e nunca tive problema com isso pelo contrário só benefícios.