A importância de um projeto voltado para acessibilidade

A importância de um projeto voltado para acessibilidade

Quando um projeto web é pensado, os responsáveis devem lembrar que, apesar de ter um público-alvo definido, aquele sistema estará disponível para qualquer tipo de pessoa em qualquer lugar do mundo que tenha acesse à internet. Por isso, é essencial que o projeto seja acessível ao maior número de usuários possível.

Pessoas com necessidades especiais devem tirar o mesmo proveito de um projeto web do que todos os demais usuários. Entenda-se por necessidade especial não somente os cegos, como geralmente é pensado, mas também pessoas com dificuldades para enxergar (seja por miopia, astigmatismo, daltonismo, etc.), para lidar com o mouse, para ouvir o som de conteúdo multimídia e por aí vai.

Uma prática que ainda hoje é usada é fazer versões de sites específicos. Por exemplo, um site principal e um voltado para cegos. Isso, obviamente, significa trabalho redobrado para fazer e manter atualizado, conseqüentemente implica mais custos para o projeto. O resultado é que, regra geral, os sites específicos acabam relegados a segundo plano e com bem menos informações do que o “principal”.

A solução ideal é fazer um projeto que atenda a todos. Pode parecer difícil, mas na verdade não é tão complicado. O W3C tem um curso de recomendações que, se seguidas, podem garantir o acesse aos portadores de necessidades especiais. A regra principal é separar os arquivos de conteúdo da formatação e sempre pensar que existem usuários que podem não estar vendo imagens (usando textos alternativos), ouvindo sons (usando legenda para os vídeos) ou mesmo usando o mouse (usando links explicativos em vez do Clique Aqui).

Trata-se de uma questão de cidadania e respeito com o ser humano, mas também significa uma excelente oportunidade de negócios, como veremos nos próximos artigos.

links externos

Walmar Andrade
Perguntas dos alunos